(21) 98287-1474 Atendimento

Cólica durante a gestação, normal ou sinal de problema?

Escrito Por: Marcia Santos Publicado em: ROOT Data de Criação: 18/07/2019 Acessos: 45 Comentários: 0

A cólica durante a gestação constuma ser um sintoma normal da gestação, mas nem sempre é assim. Algumas vezes a cólica pode vir acompanhada de outros sintomas que oferecem risco a gestante e ao bebê, aqui neste post falamos um pouco mais sobre as cólicas e alguns sinais que devem acender o sinal de alerta. 

Se você já ficou ou está grávida sabe que nem sempre é anormal sentir cólicas durante a gravidez, principalmente nas primeiras semanas. Este incômodo pode significar desde uma condição natural do seu corpo, pois o útero está se adaptando e se moldando para poder gerar o novo serzinho que está ali dentro, até um sinal de alerta para mostrar que alguma coisa não está bem e que você precisa de ajuda imediata.

Uma das causas de cólica durante a gestação está relacionada ao crescimento do útero, pois para crescer ele acaba se contraindo e podendo causar dores em algumas mulheres. Outra causa de dores e desconforto abdominal fica a cargo dos gases que se acumulam no intestino, que tende a ficar mais lento durante este período.

As cólicas podem desaparecer logo nas primeiras semanas, mas podem voltar no final da gestação, algumas semanas antes do parto, quando começam as contrações de Braxton-Hicks também conhecidas como contrações de treinamento.

Como aliviar as cólicas na gravidez?

Algumas medidas simples podem ajudar a reduzir este desconforto, tais como:

  • Evitar o sedentarismo, fazendo atividades físicas de maneira responsável e sempre com liberação prévia do obstetra;
  • Comer em pequenas porções no decorrer do dia e não deitar logo após comer;
  • Manter uma dieta equilibrada, evitando consumo excessivo de alimentos de difícil digestão ou que produzam gases como é o caso de frituras, massas, doces, feijão e brócolis;
  • Beber bastante água, evitar bebidas gaseificadas;
  • Descansar para que a musculatura relaxe;
  • Tomar um banho quente ou fazer compressas na região;
  • Fazer uso de analgésico recomendado pelo seu obstetra.

O que fazer caso as dores não melhorem com as medidas acima?

Se as dores forem intensas, freqüentes e/ou acompanhadas de outros sintomas como náuseas e vômitos, você deve procurar o médico imediatamente para que ele faça uma investigação mais profunda e ache a causa do problema para poder tratá-la adequadamente.

Quando devo procurar um médico?

É preciso ficar atenta quando as cólicas forem muito fortes e não melhorarem mesmo após o repouso ou se ela vier acompanhada de outros sintomas, como febre, dor lombar, calafrios, ardência ao urinar, diarréia e sangramento,mesmo que seja apenas um sangramento pequeno.

Além dos motivos comuns, a cólica na gravidez podem ter outras causas que necessitam de cuidados médicos imediatos:

  • Aborto espontâneo.
  • Infecção urinária
  • Intoxicação alimentar
  • Viroses
  • Gravidez ectópica
  • Descolamento da placenta
  • Parto prematuro

Cada uma destas causas exige um tratamento específico e que deve ser acompanhado pelo médico. Como a saúde da mulher fica mais sensível durante a gestação, é preciso que o acompanhamento pré-natal seja feito de maneira correta.

Lembre-se de procurar um médico sempre que tiver alguma dúvida referente a qualquer sintoma ou dor que possa estar sentindo, pois nem sempre o que foi normal para uma gestante ou em gestação anterior pode ser normal para você neste momento.

Deixe um comentário

Captcha